Seminaristas conectados em oração

Estamos vivendo um tempo que vem nos desafiando a aprofundarmos e intensificarmos a dimensão da fé constantemente. Deste modo, os nossos seminários não pararam, segue a sua missão, tanto que recentemente vivenciamos um retiro espiritual.

Caro leitor, você pode se perguntar: O que seria esse Retiro Espiritual? O retiro espiritual é um momento oportuno para saborearmos o silêncio, intensificarmos a oração, e refletirmos sobre a ação do Senhor em nossas vidas. Em outras palavras, o retiro é um intenso itinerário espiritual.

Neste caminho espiritual, fomos sábia e amorosamente, conduzidos por nosso bispo diocesano Dom Messias dos Reis Silveira, que nos propôs como reflexão o “Êxodo Vocacional”, e trabalhou e aprofundou conosco a perspectiva de que nós cristãos estamos em um contínuo movimento de amor, de “êxodo”, somos peregrinos quando buscamos o amor de Deus. Assim, somos convidados a crescer na fé e a avançarmos continuamente para água mais profundas.

Em suma, o retiro em sua profundidade e dinamismo, é luz questionadora sobre como estamos no nosso seguimento a Jesus, como anda o nosso discipulado e qual tem sido o nosso grau de compromisso e adesão ao Reino e aos irmãos.

Se buscássemos resumir esse momento de fé tão profundo e, ao mesmo tempo, tão dinâmico, seria fazendo uma pergunta: Onde me encontro? ou se preferirmos: “Onde me encontro em Deus?” Vivemos durante este retiro um verdadeiro tempo de graça, ou em outras palavras, um verdadeiro “Kairós”, onde buscamos olhar com otimismo e coragem as dificuldades e desafios atuais, e onde também procuramos fortalecer o nosso testemunho cristão de que Deus nos ama e está conosco em todos os tempos e situações, por mais penosas e difíceis que pareçam.

Enfim, nós seminaristas da diocese de Teófilo Otoni, das duas etapas formativas (Filosofia – Seminário Bom Pastor; Teologia – Seminário Sagrado Coração de Jesus) e os seminaristas da filosofia da diocese de Araçuaí que residem e estudam conosco, cada qual em sua casa, (em virtude da pandemia), porém unidos virtualmente trilhando esse itinerário espiritual.

Estimado leitor, é bem diferente e aos mesmo tempo fascinante trilhar esse novo modo de retiro. Os momentos de oração, as celebrações Eucarísticas, as reflexões, tudo online, um espaço virtual que toca o íntimo de nossas vidas. Estamos todos ali, conectados, cada qual em sua casa… O que canta está em uma cidade, o que proclama a leitura em outra, aquele que preside a celebração noutro espaço. Sentimos uma explosão de sensações na qual se apresenta a unidade de amor em Deus. Somos tantos, estamos distantes, a quem esteja a mais de 300km de distância do nosso bispo. Mas pelos meios de comunicação e oração fazemos próximos, num lugar virtual que se torna real em nós.

E testemunhando esse amor de Deus nos unimos a toda a diocese que, em festa, rende Graças ao Senhor por seus 60 anos de evangelização nessa porção do nordeste de Minas.

Amado leitor e amigo de fé, reze por nós os seminaristas, por nossos padres e diáconos, por nosso bispo e por toda a Igreja de Deus. Reze sempre para que o Bondoso Senhor da Messe não cesse nunca de nos enviar operários, “pois a messe é grande e os operários são poucos”.

Por Hugo Damião Leal

Seminarista da diocese de Teófilo Otoni

3° ano de Teologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Fale conosco