Ordenação presbiteral de Flávio Henrique

A Igreja particular de Teófilo Otoni-MG está em alegria. No último domingo, ordenou para o ministério de presbítero o Diácono Flávio Henrique Ferreira.

            O novo padre escolheu como lema para iluminar seu ministério o texto do profeta Isaías 61,1: “O Senhor me ungiu ministro do Evangelho e Pastor do seu povo”. Este trecho bíblico nos faz pensar em nosso batismo pelo qual temos a missão de crescer no conhecimento da Palavra de Deus e exercer o nosso múnus de profeta, sacerdote e rei. Para o ordenado, é luz que ilumina os seus passos sacerdotais.

            O nosso bispo, Dom Messias, em sua homilia nos levou a refletir profundamente o sentido da vida presbiteral.

            Percorrendo os textos da liturgia do 5º domingo da Páscoa Dom Messias  recordou o lema de sua ordenação episcopal: “Permanecei em mim” Jo 15,4 e  relacionou o símbolo da videira ao ministério sacerdotal, destacando que somente quando, os padres  estão conectados a Jesus produzem frutos e expressam a unidade de vida e missão, e dão ao mundo exemplo de santidade.

            Falando sobre o lema do ordenado, referiu-se às duas unções apresentadas no trecho bíblico: “Me ungiu ministro do Evangelho”,  e “me ungiu Pastor do seu povo” destacando que o presbítero deve ser aquele que sempre busca proclamar e viver a Palavra pois testemunho e discurso estão ligados intrinsecamente. Deve ser ainda aquele que cuida do seu povo com um coração aberto, agindo com misericórdia, cuidando das feridas. Um presbítero que não age como o Mestre Jesus, não vive a unção recebida, faz de seu ministério uma profissão, no qual os traços de uma má vivência são o autoritarismo que fere o povo do qual ele deve cuidar e zelar para que produza bons frutos.

            A ordenação contou com um público restrito em virtude da pandemia. Todavia, as redes sociais nos permitiram vivenciar esse momento cheio de emoções, fé, esperança e amor. Mesmo à distância estivemos unidos ao novo presbítero da diocese de Teófilo Otoni.

            Pedimos que continuem rezando por nossa diocese, pelo novo presbítero Pe. Flávio Henrique Ferreira, pelo nosso pai e pastor Dom Messias, pelos presbíteros, religiosos e religiosas, seminaristas e por todo povo de Deus. Confiemo-nos ao exemplo de Maria Santíssima, Mãe de Deus e nossa em seu sim de amor. E não esqueçamos de pedir ao Senhor da Messe para que envie mais operários.

            Neste elo de amor, na fé, estamos todos unidos em oração.

Por Hugo Damião Leal

Seminarista do 4° ano de Teologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Fale conosco