Juramento de Fidelidade e Profissão de Fé dos diáconos eleitos ao presbiterado

Aos 19 dias do mês de março, Dom Messias dos Reis Silveira celebrando a Solenidade de São José, esposo de Maria, na capela da Casa de Oração (CORA), recebeu o ato de Juramento de Fidelidade  e Profissão de Fé dos quatro diáconos: Filipe Rodrigues de Freitas, Flávio Henrique Ferreira Viana, José Maria de Abreu e Ramon Julio Vilaça que receberão o sacramento da Ordem no grau de Presbítero nos próximos meses (abril e maio). 

Conforme determina a disciplina da Igreja, os candidatos a ordem chamados a assumir um ministério em nome da Igreja devem emitir diante do bispo o ato de Juramento de Fidelidade e Profissão de Fé, de forma a manifestar o firme propósito em abraçar fielmente o ministério e missão. Os diáconos com esse mesmo intuído, diante do bispo realizam esse ato de coração livre e sem coação o firme propósito de abraçar o presbiterado.   

Os diáconos realizaram o ato na presença do bispo e do reitor do Seminário Diocesano Bom Pastor (comunidade da filosofia), Pe. Devanil Soares da Silva. Dom Messias ressaltou a alegria em acolher o propósito dos diáconos e demonstrou grande esperança no exercício do ministério dos mesmos para a vida da Igreja Particular de Teófilo Otoni.

Todos os diáconos já se encontram com ordenações marcada:

  1. Diác. Ramon Julio Vilaça da Comunidade São Lourenço da Paróquia São José em Alto Rio Novo será ordenado dia 24 de abril às 17h;
  2. Diác. José Maria de Abreu da Paróquia Nossa Senhora Aparecida em Frei Inocêncio será ordenado dia 01 de maio às 10h;
  3. Diác. Flávio Henrique Ferreira Viana da Paróquia Senhor Bom Jesus em Teófilo Otoni, será ordenado dia 02 de maio, às 10h;
  4. Diác. Filipe Rodrigues de Freitas da Comunidade Nossa Senhora do Amparo da Paróquia Santo Antônio em Mantena será ordenado dia 15 de maio às 17hs.

Todas as ordenações serão transmitidas pelos canais de comunicação de nossa diocese (FaceBook e YouTube – Diocese de Teófilo Otoni), acompanhem e rezem pela vida e vocação dos diáconos que ao receber segundo grau da ordem, configurados a Cristo Sacerdote possam vivem um ministério frutuoso e fecundo junto ao povo de Deus a eles confiados e ao modelo de São José, permaneçam sempre mais com um coração totalmente disponível aos projetos de Deus .  

Por: Diácono José Maria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Fale conosco