Clero da diocese de Teófilo Otoni realiza seu retiro anual

Aconteceu nos dias 12 a 16 de julho o retiro anual do clero da diocese. Depois de dois anos (devido a pandemia da covid19) os presbíteros da diocese voltaram a reunirem se. Foram dias de reencontro, oração, convivência e claro o direcionamento ficou por conta do Frei capuchinho Paulo Roberto que conduziu as reflexões.

Frei Paulo Roberto abordou a temática do “Sacerdócio Cristão: uma peregrinação ao interior para confrontar sua vida, a de Cristo”. O texto motivacional foi o mesmo usado no rito da ordenação presbiteral. O Texto diz que Cristo escolhe alguns dentro os membros da comunidade para o sacerdócio régio. Ai esta o sentido de o padre ser uma configuração do Cristo sumo sacerdote, unidos ao bispo os padres estão a serviço do povo de Deus. O padre tem o dever de pregar o evangelho, apascentar o povo de Deus e celebrar o culto divino. Palavra e testemunho é o sentido maior de um padre no mundo. Seu testemunho é mais valioso do que sua pregação.

Frei Paulo ainda recordou aos presentes que o padre deve fugir dos vícios do mundo e deve tomar consciência do que faz e colocar em pratica o que se celebra. Perdoar os pecados e confortar os desanimados e celebrar o mistério da morte e ressurreição de Cristo, eis o sentido do sacerdócio, foram pontos fundamentais abordados pelo pregador do retiro.

O sacerdote jamais deverá esquecer as palavras de Santa Clara: “Nunca perder de vista o ponto de partida”, portanto, nunca perder o foco que é Cristo.

Por fim o retiro terminou com a santa missa presidida por Dom Messias, bispo diocesano.

Por Pascom Diocesana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Fale conosco